Cartas a Um Jovem Calvinista

Opções disponíveis:

O meu amigo Jamie Smith nunca é entediante. Na maioria das vezes exclamei “amém” enquanto lia as cartas. Mas mesmo quando discordei, apreciei o modo humilde, caridoso e, ao mesmo tempo, convicto de Jamie. E, em meio a toda a energia encorajadora do movimento do “novo calvinismo”, é importante dizer que ser reformado é mais que aderir ao TULIP. Essas são cartas recompensadoras e criativas para todos nós.

― Michael Horton
Professor de Teologia, cadeira J. Gresham Machen
Westminster Seminary California

 

Há vários livros por aí que descrevem a teologia reformada e convidam as pessoas a se tornarem parte da tradição reformada. Entretanto, muitos desses livros são produtos dos anos anteriores ao advento dessa jovem e inquieta realidade reformada muito popular na atualidade. A maioria deles é anterior ao novo calvinismo. Cartas a um jovem calvinista, por James K. A. Smith, é novo para o campo e muito distinto do restante. Trata-se de um dos poucos livros que falam diretamente com esse novo e inquieto movimento reformado. Escrito como se fossem cartas de um mentor ao aprendiz, que está investigando a teologia reformada, o livro oferece 125 cativantes páginas introdutórias à tradição e a seu funcionamento na vida real. 

― Tim Challies
Autor de 
Discernimento Espiritual

 

Autor: James Smith
Editora: Monergismo
Páginas: 156
Tamanho: 14X21 cm
Código: 28004