Autenticidade ou Hipocrisia? - a integridade e os desafios do ministério

Opções disponíveis:

O apóstolo Paulo pode ter sido todas as coisas para todas as pessoas, mas hoje se exige que o pastor seja todas as coisas para todos os homens, e mulheres, e crianças, e idosos, e todo tipo de ser humano – algo claramente impossível.

Espera-se que o pastor seja pregador, conselheiro, administrador, construtor de templos, evangelista, mediador de conflitos, pai e marido exemplar, analista político e até zelador. O pastor afirma que a sua vocação vem de um chamado divino, mas ele não pode negar que há alguns elementos profissionais dos quais não se pode fugir – rotinas de escritório, relacionamento com colegas, definição de salários e benefícios, etc. Muitas vezes ele acaba levando para casa os problemas da igreja e vice-versa – e nem sempre dá para separar as duas coisas.

Como pode o pastor separar o joio do trigo, aquilo que é essencial do que é simplesmente uma expectativa de alguns membros da igreja?

Este livro examina as muitas dimensões da vida pastoral. E o mais importante é que ele ajudará o pastor a concentrar-se no que é singular e insubstituível no seu trabalho. Os autores analisam o ministério do pastor em sua relação com a igreja, com a sua vida particular e com as suas responsabilidades em família.

 

Autor: Donald E. Price
Editora: Vida Nova
Páginas: 176
Tamanho: 14 x 21 cm
Código: 53294